Sampa Cine Tec

O projeto  Sampa Cine Tec: Audiovisual, Cinema e Tecnologia propõe formação profissional e inclusão produtiva no ramo audiovisual de 84 jovens da periferia. A ideia é que eles desenvolvam um olhar sobre a realidade onde vivem, criando as próprias narrativas nos territórios, sem passividade. A criação desta identidade contribui para geração de valor, uma das marcas da economia criativa.

O projeto é resultado de uma parceria entre Secretaria Municipal de Trabalho e Empreendedorismo, Fundação Paulistana de Educação, Tecnologia e Cultura; Empresa Pública de Cinema e Audiovisual de São Paulo (SPCINE) e Adesampa.

Os bolsistas recebem uma ajuda de custo mensal de R$ 1.012,00 por meio do Programa Bolsa Trabalho da SDTE durante o período de seis meses. A condição sócio-econômica foi o principal critério para a escolha dos selecionados.

O Sampa Cine Tec atua na perspectiva da transformação social através da inserção no mercado de trabalho e empoderamento comunitário. A Flacso (Faculdade Latino-Americana de Ciências Sociais) foi selecionada para realizar a formação teórica dos jovens. O Instituto Criar foi contratado para o desenvolvimento técnico das competências na linguagem de cinema e TV. Em seguida, os jovens vão ganhar a oportunidade de complementar a formação prática atuando em grandes empresas do setor. Quatro coletivos de audiovisual vão complementar a formação dos jovens durante seis meses. A finalização deste acompanhamento é a produção de filmes de conteúdos gerados nos próprios territórios onde vivem. Ao final do projeto está previsto a realização de um festival com a produção desta experiência nas salas de cinema do Circuito Spcine.